quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Será que podemos viver a Fé e a Política, mesmo fazendo parte de uma Comunidade Religiosa?

A paz de Jesus, amados irmãos e irmãs em Cristo!

                     Por que não falar um pouco de Fé e Política! Quase sempre, nos deparamos com pessoas que dizem não gostar de POLÍTICA. Este nome tráz muitas recordações, pois compreendê-lo como forma educativa é algo quase impossível a muitas pessoas. Assumir uma identidade religiosa ou que participa de uma Igreja é muito fácil. Agora, assumir a política como causa de defesa de interesses sociais é difícil ou até umsa utopia.
                        Para nós Católicos Apostólicos Romanos, temos o incentivo da Igreja, para que participemos da política. Veja o que diz um artigo de Formação do Professor Felipe Aquino, da Comunidade Canção Nova, publicado dia 05/09/2011 - 08h20: "Infelizmente criou-se entre nós católicos uma cultura perigosa de se afastar da política por ela ser exercida, muitas vezes, por corruptos e imorais. Ora, sabemos que há a boa política e também a politicagem; o político e o politiqueiro. Não podemos queimar a política por causa da politicagem, temos que afastá-los do poder por meio do voto. A Igreja insiste na participação dos fiéis na política, senão vejamos." 
                           Portanto, povo santo de Deus, independentemente de seu credo religioso, não há como deixar de lado o tema política. Pare pense! Mais cedo ou  mais tarde, você acabará sendo benficiado por um meio político, seja qual for. O que não pode é barbarizar o Tema Política, pois isso é necessário, principalmente nos tempos atuais.
                             Para fim de conversa, precisamos fazer nosso papel de cidadão. Os benefícios de uma gestão (municipal, estadual ou federal) são para todos. Não basta dizer, "não sou funcionário público, não preciso de prefeitura", pois quem faz a coleta de lixo na porta de sua residência?  Talvez até com uma certa demora, mas que acaba passando. Sem nada ter com prefeitura, você ajuda a pagar muitos e muitos impostos.É preciso fazer uma escolha. Não importa se você vota para candidato A ou B. Escolha bem. Um dos  problemas do Brasil hoje, seria a fuga dos bons diante da política, o que a deixam nas mãos dos maus administradores, com exceções,  claro. Cada cristão está obrigado a esta tarefa. Repito! Não importa a sua religião. Não importa sua preferencia política. Faça parte da grande festa da democracia. Sucesso e Paz!!!! Tenham uma semana de bençaos. 




Fonte do Artigo citado e foto: www.cancaonova.com.br